Pets

30.01.2014

Seu gato pensa que você é um gato gigante

Quem tem felinos em casa sabe que eles podem ser ótimos companheiros, apesar da aparente indiferença que é natural de sua espécie. Mas você sabia que por mais que você cuide do seu gatinho como se fosse um filho, ele não te enxerga como mãe ou pai? Segundo o biólogo inglês John Bradshaw, os gatos acham que os humanos são, na verdade, gatos gigantes.

gatinho-resized

Bradshaw estuda o comportamento de animais domésticos há 30 anos. Em seu novo livro Sense Cat,o especialista explica que os gatos nunca foram criados para uma função específica, diferente dos cães que tiveram as raças cruzadas para serem mais dóceis. Como são menos domesticados que os cachorros, os gatos costumam agir pelo instinto.

Ele afirma também que os gatos sentem emoções extremas, mas não demonstram da mesma forma como fazem os cães. Além disso, enxergam os humanos como gatos gigantes e dóceis. Quando seu gato se esfrega na sua perna, por exemplo, está demonstrando afeto da mesma forma como faria com outro gato.

Não são uns queridos? E ainda tem gente que diz que gatos não tem sentimentos…

Fonte e foto: Info

Post escrito por:
Equipe Casamenteiras

82 amaram
16.01.2014

Os cachorros sabem quando estamos tristes?

Quem tem cachorro(s) em casa já passou por uma situação assim: sempre que você fica tristeos bichinhos ficam ainda mais carinhosos, como se entendessem que você precisa de um ombro amigo – nesse caso, uma pata amiga.

cachorros-sentem-quando-estamos-tristes

Não é por acaso, é real! Uma pesquisa da Universidade de Londres provou que os nossos cachorrinhos sabem quando estamos tristes.

Pesquisadores recrutaram 18 cachorros e seus donos com uma ideia simples: avaliar o comportamento dos cães em algumas situações. Em suas casas, enquanto seus donos apenas conversavam, os cachorros não davam muita bola. Seis deles até se interessaram quando o pesquisador ou o dono começaram a cantar. Mas quando alguém chorava, a maioria (83%) dos cachorros se aproximava com a cabeça baixa e o rabinho entre as pernas – segundo a pesquisa, esse comportamento submisso pode ser sinal de empatia.

“Os cachorros se aproximaram sempre que alguém chorava, independentemente da identidade da pessoa. Portanto, eles respondem às emoções das pessoas, não apenas às próprias necessidades, o que parece ser um comportamento empático, para oferecer conforto”, explica Jennifer Mayer, uma das autoras da pesquisa.

Não é um amor?

Fonte: SuperInteressante

Post escrito por:
Equipe Casamenteiras

95 amaram
24.09.2013

Aí vem a noiva: Pets na cerimônia

Seu melhor amigo anda sempre grudado em você e no seu noivo? O pet de vocês é a alegria da casa? Vocês compraram/adotaram ele juntos? Então não tem como manter seu bichinho longe do seu casamento!

Coloque uma roupinha bem linda nele e o ensine a fazer o caminho do cortejo. Ele pode entrar com uma plaquinha de “Lá vem a noiva” ou com uma almofadinha trazendo as alianças. Ou ainda entrar com os pajens, pela coleira. A gente pesquisou várias ideias, uma mais linda que a outra. Olha só:

pets-casamento-1

pets-casamento-14

pets-casamento-2

pets-casamento-3

pets-casamento-12

pets-casamento-5

pets-casamento-16

pets-casamento-4

pets-casamento-15

pets-casamento-6

pets-casamento-7

pets-casamento-8

pets-casamento-9

pets-casamento-10

pets-casamento-11

pets-casamento-13

Dica: tenha alguém responsável pelo seu pet no casamento. Alguém que esteja prestando atenção nele e nas suas necessidades (água, comida, banheiro). Você não vai poder cuidar disso no dia!

Fotos: Pinterest

Post escrito por:
Equipe Casamenteiras

218 amaram
13.08.2013

Brinquedos inteligentes

Seu cãozinho é agitado? Late para todo o barulho que escuta? Quando fica sozinho faz a maior bagunça em casa, estragando móveis e outras coisas? Não brigue com ele, ele é só ansioso!

Provavelmente ele fica muito tempo sozinho, e isso o deixa com medo de ser abandonado. É muito comum, principalmente com filhotes.

Pois saiba que ao mercado canino desenvolveu produtos ótimos para ajudar a controlar a ansiedade dos nossos amigos. São os brinquedos inteligentes, que distraem o seu pet e ainda podem ensinar alguns truques a eles. A maior parte destes brinquedos possui petiscos dentro, o que chama a atenção do cão. Mas até eles chegarem no biscoito, precisam brincar muito, essa é a graça do produto!

brinquedos_caes

1. Brinquedo Dog Tornado Interativo para Cães e Gatos

São quatro camadas de discos giratórios, sendo que três têm compartimentos para esconder os petiscos. Seu pet deve girar o disco de cada camada para encontrar os petiscos. Para aumentar o nível de dificuldade, bloquear as camadas com o bloco de osso.

2. Kibble Nibble brinquedo interativo para cães

Possui dois Treat Meters em suas extremidades que são mecanismos patenteados que liberam a comida aleatoriamente de uma forma desafiadora para o cão.

3. Brinquedo Dog Smart Interativo para Cães ou Gatos

Esconda alguns petiscos nos compartimentos, debaixo de todos ou de alguns dos blocos em forma de osso.

4. Squirrel Dude

A extremidade possui interior com pinos de borracha macios para controlar a saída de recompensas durante a brincadeira.

Um dos mais famosos é o Kong, usado por treinadores profissionais e policiais para recompensar os cães que trabalham e colaboram em atividades como a busca por drogas, captura de bandidos, e etc. O Kong ajuda seu cão a fortalecer a mandíbula e mantém as gengivas saudáveis sem ser agressivo com os dentes. O formato irregular faz o Kong pular de um canto ao outro, de um jeito imprevisível, e deixa seu pet enlouquecido atrás dele. Horas e horas de distração até encontrar o petisco escondido lá dentro! No começo, ajude seu amigo deixando a guloseima mais à mostra, até ele entender como funciona. Depois vá escondendo mais e mais.

brinquedos_kong
E você, que brinquedos usa para distrair seu cãozinho ansioso?

Fotos: Pet Love, BitCão e Pinterest

Post escrito por:
Equipe Casamenteiras

41 amaram
07.08.2013

Dog Pool: um refresco para o seu amigo

Tem cachorro que foge de água, reclama até para tomar banho. Mas tem outros que adoram uma folia aquática, e ficam só esperando o primeiro entrar na piscina para se jogar junto!

dogpool_07

É um amor ver os bichinhos dentro d´água, nadando e brincando. A gente se diverte tanto quanto eles! Que tal então fazer uma piscina específica para seu cão, mais segura do que as nossas, com a profundidade certa e própria para eles?

dogpool_04

dogpool_01

dogpool_06

Dá até para fazer uma pool party com os amigos da vizinhança. Que festa!

dogpool_03

dogpool_05

dogpool_08

Uma boa solução também é destinar a piscina que era das crianças para eles se refrescarem, reaproveitando o que iria ficar parado mesmo depois que seus filhos começarem a aproveitar apenas a piscina adulta.

dogpool_02

Fotos: Pinterest

Post escrito por:
Equipe Casamenteiras

49 amaram
Voltar para o topo
Publicidade
Juliana Moscofian